PESQUISE NA WEB

Mostrando postagens com marcador Foca. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Foca. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Foca pega carona em caiaque durante passeio na Escócia


Um homem e uma mulher navegavam em seus caiaques no estuário do rio Forth, na Escócia, quando tiveram uma surpresa. (Assista ao vídeo) Uma foca não só apareceu no meio do caminho, como resolveu pegar uma carona com eles. O animal se aproximou e, para diversão da dupla, subiu em um dos caiaques - e ficou por lá. A foca passou um tempo descansando enquanto eles navegavam - só voltou para a água depois de 1,5 km. "Foi uma experiência incrível", eles disseram.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Foca foge de circo e tumultua o trânsito em cidade da Alemanha


A foca Charly fugiu de um circo na cidade alemã de Coburg e foi recapturada pela polícia no meio da rua, depois de causar tumulto no trânsito na hora do rush. A polícia divulgou uma foto de Charly na hora da captura. A foca foi devolvida ao circo.

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Filhote de foca é morto após mulher levá-lo para casa em sacola de plástico

Um filhote de foca teve de ser sacrificado em Washington, nos Estados Unidos, após uma mulher tirar o bichinho da praia e levá-lo para casa em uma sacola plástica. Ela achou que a foca havia se perdido de sua mãe. “Ela o levou para casa e percebeu que não sabia o que fazer ou como tomar conta dele”, afirmou Michael Milstein, porta-voz da Administração Nacional Atmosférica e Oceânica (NOAA, na sigla em inglês), à ABC News. Depois disso, a mulher ligou para o Aquário de Westport, o mais próximo dela. Marc Myrsell, diretor do aquário, contou que, ao chegar à casa da mulher, funcionários encontraram a foca com “vida, mas extremamente letárgica”. Depois de tentarem reanimá-la, não encontraram solução a não ser fazer uma eutanásia no animal. Esse caso ocorreu em maio, mas a NOAA só o divulgou nesta quinta-feira (28), depois de a ONG Seal Sitters, de proteção à vida marinha, iniciar uma campanha para que as pessoas não perturbem animais que estejam na praia. Segundo a organização, essa é a época do ano em que as focas dão à luz no nordeste do Oceano Pacífico. Depois disso, elas e os filhotes, assim como outros animais marinhos, vão descansar na costa de Seattle. Nessa temporada, em pelo menos outras cinco vezes, pessoas bem intencionadas tomaram posse ilegalmente focas bebês no Oregon e em Washington pensando que eles estavam abandonados ou precisavam de ajuda, mas essa inferência resultou em duas mortes, afirmou Milstein.

segunda-feira, 28 de março de 2016

Foca se perde, percorre mais de 6 km e vai parar no quintal de casa no EUA


Um filhote de foca se perdeu, percorreu mais de seis quilômetros e foi parar no quintal de uma casa em Fremont, no estado da Califórnia (EUA). O animal foi resgatado por agentes do Departamento de Polícia de Fremont e levado para um abrigo.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Vídeo incrível mostra foca escapando por um triz de ataque de tubarão



Um vídeo incrível mostra uma foca escapando por um triz de um ataque de um grande tubarão branco perto da ilha de Monomoy, na região de Cape Cod, no estado de Massachusetts (EUA). A cena impressionante foi registrada pelo pesquisador Greg Skomal, da Divisão de Pesca Marinha de Massachusetts, usando uma câmera GoPro. Um vídeo com a cena foi divulgada pela AWSC (Atlantic White Shark Conservancy), órgão que trabalha na persevação do tubarão branco no Atlântico.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Foca luta com polvo gigante no litoral do Canadá





Uma luta entre uma foca e um polvo gigante do Pacífico chamou a atenção de um grande grupo de pessoas na cidade de Victoria, na Columbia Britânica, no litoral pacífico do Canadá. Bob Ianson, de 59 anos, era uma das pessoas presentes. Ele passeava com a esposa, uma filha e um neto, quando avistou a foca envolvida pelos tentáculos do polvo. Como tinha uma câmera à mão, registou a batalha. "Foi inacreditável", disse Ianson. "Essa foca tem provavelmente mais de um 1,30 metro de comprimento", disse à rede CBC. O duelo ocorreu na segunda-feira (9). Ianson disse que a luta, que ocorreu a apenas uns 2 metros da margem, atraiu uma multidão de várias dezenas de pessoas. "Era quase como se a foca estivesse trazendo o polvo até a superfície para mostrar o que ela tinha capturado", contou. De acordo com o Aquário de Vancouver, as imagens são raras, mas esse tipo de "combate" não é. "Os polvos são parte regular da dieta da foca que vive no porto", explicou o biólogo do aquário Chad Nordstrom. O aquário tinha apenas uma fotografia de uma luta entre os dois animais, feitas por um mergulhador há muitos anos, disse Nordstrom. Segundo a CBC, o molusco fotografado por Ianson é um adulto de polvo gigante do Pacífico, que geralmente chegam a pesar 15 kg, mas podem também ser muito maiores.

domingo, 4 de janeiro de 2015

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Foca escapa de ataque incrível de tubarão branco na África do Sul


O fotógrafo subaquático Sergio Ricardo, de 51 anos, registrou o momento em que uma foca escapou por um triz de um ataque impressionante de um grande tubarão branco perto da Cidade do Cabo, na África do Sul. O predador chega a ficar com o corpo quase inteiro fora d'água e sua poderosa mandíbula passa a poucos centímetros da presa.

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Foca com mais de dois metros de comprimento aparece em praia do PR


 
Uma foca-caranguejeira foi encontrada na praia brava de Caiobá, no município de Matinhos, no litoral do Paraná, na noite de quarta-feira (3). O animal mede 2,10 metros e passa bem, de acordo com o analista ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Rogério José Florenzano Júnior. “Ela se perdeu e veio com a corrente marítima. Vem para a praia para descansar e, depois, poder voltar”, explicou. O animal já havia aparecido em Joinville, no norte Santa Catarina, na segunda-feira (1º), segundo o analista ambiental. “Estamos monitorando para que a população não se aproxime. Fizemos um isolamento em volta para não ter risco de acidente. As pessoas querem tirar foto de perto, encostar no bicho”. “Agora tem que esperar ela voltar para o mar. Nesse exato momento [por volta das 17h30], ela está subindo em direção à praia, cada vez mais para o seco. Provavelmente vai passar a noite na praia”, afirmou. O Centro de Estudos do Mar (Cem) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) relatou que esta espécie de foca é comum na região da Antártica e que visita a costa brasileira nesta época do ano, quando se dispersam das colônias reprodutivas em busca de alimentos. Conforme o Centro de Estudos do Mar, as focas vão até as praias para descansarem das migrações e, por isso, não devem ser "incomodadas" pelas pessoas. Um adulto da foca-caranguejeira pode chegar a 2,6 metros de comprimento e pesar até 300 quilos, segundo o centro. Nem o Centro de Estudos do Mar nem o analista ambiental souberam informar o peso e a idade do animal encontrado no litoral paranaense.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Foca escapa por pouco de ataque de tubarão branco na África do Sul


Um grupo de turistas flagrou um ataque impressionante de um tubarão branco de quase quatro metros em False Bay, na África do Sul. Eles ficaram espantados quando viram o predador saltar para tentar devorar uma foca, segundo o jornal inglês "Daily Mail". O tubarão, no entanto, calculou mal o ataque e não conseguiu pegar a presa. A cena surpreendente foi fotografada pelo sul-africano Chris Fallows perto da Ilha das Focas, que abriga cerca de 64 mil focas e um grupo de grandes tubarões brancos.

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Pesquisa explica como foca pode dormir com metade do cérebro


Cientistas da Universidade da Califórnia, nos EUA, e da Universidade de Toronto, no Canadá, identificaram alguns dos "segredos" químicos que fazem com que as focas possam dormir com apenas metade do cérebro, mantendo a outra metade acordada enquanto descansam. O estudo foi publicado na edição deste mês do "Journal of Neuroscience". O comportamento, similar ao de algumas espécies de baleia, ocorre quando as focas estão na água. É uma forma de manter-se alerta ao descansar caso surjam predadores, por exemplo, de acordo com os cientistas. 

Quando as focas descansam em terra firme, eles agem como outros animais e fazem ambos os lados do cérebro dormirem ao mesmo tempo, afirma a pesquisadora Jennifer Lapierre, da Universidade de Toronto, uma das autoras do estudo. Lapierre mediu as alterações químicas nos dois lados do cérebro das focas e descobriu grande concentração de um neurotransmissor, a acetilcolina (ACh), em uma das metades - justamente o lado acordado do órgão, segundo a pesquisadora. "A descoberta indica que a acetilcolina leva a um estado de alerta em um dos lados do cérebro do animal", diz uma nota da Universidade de Toronto. A substância deve estar associada à manutenção do "despertar" de parte do cérebro da foca, indica a pesquisadora. Na outra metade do órgão, a ACh foi encontrada em quantidade reduzida. 

Outro achado é que a serotonina, neurotransmissor associado à sensação de bem-estar, estava presente em níveis iguais em ambos os lados do cérebro das focas, tanto na hora em que elas dormiam quanto nos momentos em que estavam acordadas. Estas descobertas podem ajudar a entender a insônia em seres humanos, diz Jerome Siegel, pesquisador da Universidade da Califórnia. O estudo dá mais um passo para a busca de soluções para o problema, dizem os cientistas. "As focas fazem uma coisa biologicamente incrível: dormir com metade do cérebro, uma de cada vez. O lado esquerdo pode descansar enquanto o direito está acordado. Elas fazem isso quando estão na água", reforça o professor de biologia John Peever, também um dos autores da pesquisa.